Aftas e muita dó – Estomatite em crianças

Por Tarsila

Quer coisa mais incômoda do que afta? É pior do que pedra no sapato!

Samuel estava que reclamava de dor do beiço pelo lado interno. Fui lá e vi um micro pontinho esbranquiçado. Expliquei que era afta e que doía mesmo. O pai passou um sabão no menino dizendo que aquilo era por conta da grande quantidade de doce que comera no final de semana. Foram duas festinhas seguidas. A mãe aqui defendeu, disse que não tinha visto-o comer nenhum brigadeiro. Devia estar sentindo tanto incômodo que nem vontade de comer guloseima teve.

Aftas-300x267

No outro dia, além de reclamar de dor, começou a babar muito e falar meio enrolado. Como pedir para ver a boca era um sacrifício, deixei para lá e só consegui que abrisse a boca e colocasse a língua para fora à noite. Ele estava numa irritação só. Quando consegui olhar, vi que a bochecha e língua estavam metralhadas pelas aftas. Meu Deus! Na hora associei com estomatite. Uma amiga do Rio tinha acabado de me contar o perrengue que passou com a filhinha de 1 ano e 4 meses por conta das feridas na boca.

O que eu fiz? Corri para o Google e pesquisei sobre a doença. Só tínhamos opções para amenizar dor e acelerar a cicatrização. Passei a mão no celular e mandei uma mensagem para a amiga já descolada na doença. Ela tratou com pomadinha Mud e spray anestésico chamado Hexodine, esse último é apenas para crianças acima de 3 anos. Além de me recomendar não oferecer alimentos ácidos. Mandei mensagem para o pediatra que confirmou o procedimento.

Além de irritadas, as crianças sentem muita dificuldade para se alimentarem, o que tira qualquer mãe da “casinha”. As aftas podem aparecer pelo lado interno das bochechas, gengivas, língua, céu da boca e garganta. Até para engolir líquidos incomoda. É muito importante manter as crianças hidratadas e oferecer alimentos mais pastosos e frios.

Ok, mas como “pega” essa estomatite? Ela é na verdade uma infecção viral. Pode ser o vírus da herpes tipo 1, HSV-1, que a maioria das pessoas carregam desde a primeira infância, ou o vírus coxsackie. Então, é bom não mandar as crianças para escola para evitar passar para os coleguinhas. É comum dar febre e as lesões duram 1 semana ou mais.

Qual foi o saldo disso? Samuel com um quilinho a menos e um primo contaminado. Sábado, minha prima reclamou que o irmão não estava comendo. Suspeitei da estomatite, contei o caso do Samuel e com muito jeitinho conseguimos ver a boquinha dele que estava toda feridinha. Passei o nome dos remédios para ela que de imediato foi comprá-los. Dá muita pena ver as crianças sentindo tamanho incômodo.

Anúncios

One thought on “Aftas e muita dó – Estomatite em crianças

  1. Estou passando por isso com meus dois filhos , minha filha de 3 anos passou para o irmão de 1 , esta sendo horrível, eles estão sentindo muitas dores, já pesquisei bastante no Google também é não achei nenhuma solução. Vou comprar esses remédios que você indicou espero que de uma amenizada pois estamos passando por momentos difíceis. Obrigada pelas dicas

Dê o seu pitaco!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s